Últimas notícias:
Acre, domingo, 21 de setembro de 2014
24/03/2012

Bêbado causa acidente com resgate dramático em Cruzeiro do Sul

Imprimir

O ex governador Orleir Cameli ajudou no resgate.

(Da Redação de Voz do Acre.com / Fotos: Paula Messias)

Ueverton Queiroz Sampaio, 22 anos, visivelmente bêbado, dirigia o caminhão de uma empresa  de manutenção da rede elétrica de Cruzeiro do Sul quanto, por volta das 16 horas e 20 minutos desta sexta-feira (23) arrastou um saveiro no cruzamento das ruas Paraná e Minas Gerais. Muito nervoso, Ueverton atrapalhava o trabalho da polícia e dos bombeiros, sendo conduzido para a delegacia para, segundo os policiais, ter sua própria segurança preservada.

A notícia do acidente e a tentativa de resgate foi tão dramática que até mesmo o ex-governador Orleir Cameli apareceu para ajudar a salvar a vida da vítima.

O utilitário foi arrastado por cerca de 30 metros e jogado contra uma residência na esquina das ruas entre os bairros Cruzeirão e São José. Geovani Mendes de Castro, 28 anos, ficou preso nas ferragens gritando por socorro e seu resgate foi dramático. Segundo testemunhas os bombeiros levaram aproximadamente uma hora e quarenta minutos para liberar a vítima.

Na delegacia, o motorista do caminhão foi convencido a fazer um exame para verificar seu teor alcoólico. E o aparelho conhecido popularmente como bafômetro acusou a elevada taxa de 0,79 mililitros de álcool no sangue. Inconsolado, e ainda sob o efeito do álcool, mais de três horas após o acidente Ueverton se recusava a dar os documentos aos policiais e protestava contra a presença da imprensa.

Resgate dramático

A multidão que se formou ao redor da cena do acidente sofreu enquanto assistia o drama da vítima presa às ferragens. “Meu Deus, os bombeiros de Cruzeiro do Sul não estão preparados para esse tipo de atendimento”, comentou um repórter de rádio que assistia, atônito, a tentativa de resgate.

Os bombeiros do quartel localizado a cerca de 500 metros do local do acidente, tiveram dificuldade porque o caminhão ameaçava se mover e esmagar o motorista do carro.

As coisas começaram a se definir com a chega do empresário e ex-governador Orleir Cameli, que cedeu um veículo apropriado para erguer o caminhão e facilitar o trabalho dos bombeiros.

Testemunhas falam do susto

“Eu só vi um risco amarelo passando diante da janela e em seguida um barulho medonho. Fiquei muito nervoso, quando olhei pela janela da cozinha vi o carro todo amassado e um homem dentro dele gritando por socorro”, contou Eder Lima, de 17 anos

Ângela Reis, uma ex-cunhada que também estava na casa de Eder no momento em que o carro invadiu o quintal, contou que na esquina das ruas Paraná e Minas Gerais é muito comum a ocorrência de acidentes.

“No outro dia mesmo uma moto derrapou em uma areia que estava no asfalto e o rapaz se machucou bastante”, disse Ângela.

Um vizinho de Eder disse que o motorista do caminhão é bem conhecido dos moradores da Rua Paraná. “Ele já está acostumado a dirigir bêbado, essa não foi a primeira vez não senhor”, disse o vizinho, que pediu para não ser identificado.

Depois do acidente, a direção da empresa AGE, proprietária do caminhão, informou que Ueverton Queiroz Sampaio estava fora do seu horário de expediente, e pegou o veículo sem autorização da empresa.

Veja também

Rio Branco vai conhecer Servidor Nota 10 de 2011
Estudantes são assaltados a caminho da escola, em Cruzeiro do Sul
Erosão ameaça a ponte sobre o Rio Moa
Morre homem que levou três facadas do “Mudinho” na Várzea

Comentários

Adicionar comentário

* Os comentários aqui postados são de inteira responsabilidade de seus autores e sujeitos a identificação

Nome (Obrigatório)

E-mail (Não será publicado) (Obrigatório)

Mensagem

Atualização Azbox Azamerica

Site desenvolvido por Agência Live Design

É permitida a reprodução do conteúdo deste site com citação da fonte, e os conteúdos assinados são de responsabilidade de seus autores.

© Copyright 2012 Voz do Acre - Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Ismael Costa